Você pode se perguntar, -Qual a finalidade de ver a aura?- Bom, existem vários motivos que nos levam a essa atitude.

O primeiro e mais considerável deles, na minha opinião, é o fato de podermos através desses métodos enxergar a nossa essência de pura energia. Quanto mais você se abre para o despertar e para um caminho que te leva ao seu Eu Maior, mais você quer saber e entender sobre tudo aquilo que sempre esteve aí e que muitas vezes não enxergamos por pura falta de observação, pura falta de foco. 

O segundo motivo está bem relacionado à esse primeiro. Trata-se do  fato de que muitas pessoas buscam algo concreto, algo mais físico para adentrar nessa busca pela espiritualidade. Algumas pessoas podem estar desesperançosas, desanimadas com tudo, e essa descrença na vida e nas pessoas chega num patamar tão profundo, que precisam de algo palpável para fazê-las acreditar novamente na sua força divina. Se esse for o seu caso, considere iniciar suas experiências observando algo que é possível ver com os olhos físicos.

Um terceiro motivo refere-se às pessoas voltadas aos trabalhos de cura. Se você for uma pessoa que se interessa por curas e práticas holísticas e veio com esse propósito para essa existência, então a prática de visualizar a aura e os chacras lhe trará inúmeros benefícios, pois essa habilidade irá lhe atribuir mais entendimento e consequentemente mais contribuição de sua parte para com os trabalhos que você vier a desempenhar.

Bom, chega de conversa e vamos às Técnicas Para Ver A Aura:

1ª -Técnica Dos Dedos Aproximados

  • Mantenha os dedos indicadores esticados e alinhados um de frente para o outro com um pequeno espaço entre eles;
  • Mantenha o foco da sua visão nesse espaço vazio entre dos dois dedos;
  • Não olhe para o chão e sim para esse espaço vazio entre os dedos;
  • Depois de um tempo, você começará a ver uma névoa branca, transparente, esbranquiçada por entre os dedos. Você percebe que ela está envolta do seus dedos e se unem quando você mantém um dedo perto do outro. A medida que você distância um dedo do outro, ela vai se esticando, parecendo bala puxa puxa, até que se rompem. Essa ligação é o acoplamento da aura de um dedo com a do outro. 

2ª – Técnica Observando A Aura Das Mãos

  • Mantenha o braço esticado o máximo que puder. 
  • Mantenha sua mão a palma da mão aberta, com os dedos separados e apontando para cima. 
  • Focalize sua visão acima do dedo indicador. Ceca de meio alguns centímetro.
  • Mantenha o foco da sua visão nesse ponto. Lembre-se de não olhar para o ponto distante que estiver ao fundo, mas sim para o ponto logo acima do seu dedo.
  • Depois de alguns segundos, cerca de 30 ou menos, você começará a ver uma névoa, parecendo uma luz em volta dos dedos. Uma claridade que assemelha-se a luz envolta na chama de uma vela. 

3ª – Técnica Da Folha De Papel

Para quem tem mais dificuldade em manter o foco da visão, essa técnica do ponto no papel auxilia muito.

  • Coloque sua mão sobre uma folha de papel. Preferencialmente sem pauta. O papel deve ser grande o suficiente para ocupar a extensão de toda sua mão.
  • Com uma caneta ou lápis, faça um pequeno ponto acima do dedo indicador;
  • Ainda com sua mão sobre o papel, estique o braço, distanciando o papel o máximo possível da sua visão;
  • Focalize sua visão acima do dedo indicador, ou seja, no ponto que você acabou de desenhar;
  • Também, depois de alguns segundos, cerca de 30 ou menos, você começará a ver uma névoa, parecendo uma luz em volta dos dedos. Uma claridade que assemelha-se a luz envolta na chama de uma vela. 

4ª – Técnica Do Espelho

  • Fique de frente a um espelho grande, a uma distância de 1,5mt.;
  • Focalize seu olhar acima da sua cabeça, cerca de uns 2 centímetros;
  • Novamente, mantenha seu foco de sua visão nesse ponto. Lembre-se de não olhar para o ponto distante que estiver ao fundo, mas sim para o ponto logo acima da sua cabeça;
  • Depois de alguns segundos, cerca de 30 ou menos, você começará a ver uma névoa, parecendo uma luz em volta de sua cabeça, as vezes descendo pelo ombro e corpo. Assemelha-se com aquela claridade de luz que envolve a chama de uma vela. 
  • Uma alternativa para essa última técnica seria olhar entre as sobrancelhas, um pouco acima. Também, depois de um tempo lhe será possível visualizar a luminosidade envolta de sua cabeça e ombros.

Aos poucos e com treino, lhe será possível abrir a percepção clarividente para as outras camadas da aura e também para os chacras, se essa for sua intenção.

E aí? Realizou alguma das técnicas? Conseguiu ver sua aura? Conte-me nos comentários logo abaixo.

E para quem busca mais informações sobre a aura, você pode verificar aqui onde trago explicações sobre O Que é Aura. Nesse outro artigo comento sobre Quais São As Sete Camadas da Aura, e também este explicando se Tem Como Fotografar A Aura.

Também gravei esse vídeo com explicando sobre as técnicas:

Um grande abraço. Com muito amor e paz ao coração. Buscando sempre bons pensamentos, boas energias e utilizando das suas escolhas para contribuir com você e com todos.

Até a próxima.


9 comentários

Edimara · 13/11/2018 às 20:01

Olá tudo bem? Gostei muito das técnicas. Acho importante conseguir ver a aura , pois assim podemos também nos prevenir de alguma doença que esteja a caminho do nosso corpo físico. Consigo ver uma névoa entre os dedos, mas ainda não vejo cores. Acredito que com tempo e treino passarei a ver. Muito obrigada!

    Érica Lima · 15/11/2018 às 14:05

    Olá Edimara! Que bom que gostou. Um grande abraço a ti, muita paz e luz. 🙂

silmara · 30/11/2018 às 16:41

Dias antes de eu ter meu filho, mas já estava passando mal, uma senhora que nunca a vi, me disse que eu estava com a minha aura longe. O que ela quis dizer?

Amanda · 17/01/2019 às 11:06

Olá, fiz a primeira técnica com os dedos e vi uma luz verde clara sair dos meus dedos, ao distanciá-los formava um feixe entre eles e de repente sumia, percebi que meus outros dedos tinham essa mesma luz em volta deles. Ao mesmo tempo que estava fazendo essa experiência, vi pela visão periférica algo acima de mim, transparente, parecia ser um circulo grande, estava girando ou tremendo, o que pode ser?
Achei linda essa experiência, parecia que eu estava vendo com outros olhos que não os físicos. Foi a primeira vez que tentei ver a aura e deu certo.

Angela · 24/02/2019 às 00:46

Olá? Bom é incrível kk sou nova nesses assuntos e realmente eu não sei se é coisa da minha cabeça mas eu vi uma “névoa” branca logo no primeiro exercicio, e houve um momento que ela foi aumentando chegou na metade do meu braço, gostaria de saber pra que serve ou oque é o acoplamento da aura… com o tempo posso ver a cor da minha aura através disso? Grata

Bruna Silva Felipe · 21/03/2019 às 16:29

Boa tarde.

Consigo ver minha aura faz um tempinho quando já comecei a fazer os exercícios.
Muito bom.

Obrigada.

Bruna Silva Felipe · 21/03/2019 às 16:29

Boa tarde.

Consigo ver minha aura faz um tempinho quando já comecei a fazer os exercícios.
Muito bom.

Obrigada.

Marcos Viana · 28/05/2019 às 22:41

Eu consegui utilizar a 1° técnica.

jeciana · 09/08/2020 às 13:00

Consegui fazer melhor a primeira técnica, dos dedos, inicialmente vi uma luz branca que com o tempo foi ficando maior e muito brilhante, tanto que os dedos ficaram praticamente pretos perto dela e parecei-me atrás dela, uma sombra que não sei identificar se era azul escuro ou roxo; às vezes me pareceu muito mais pro roxo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *