O bloqueio dos fluxos energéticos em nossas vidas pode ser algo muito sutil e que muitas vezes não nos damos conta de que estão ocorrendo. Quando percebemos, já entramos num processo onde não vemos as coisas fluírem e tudo o que percebemos é a nossa vontade não conseguindo dar vazão às intenções que carregamos dentro do coração. São nesses momentos que devemos parar e realizar algumas práticas que com certeza irão contribuir com o destravamento dessas energias e abrir novamente nosso fluxo em direção às nossas aspirações.

É com o foco nesse assunto que compartilho nesse post 5 passos para desbloquear os fluxos energéticos travados e continuar seguindo com os propósitos pessoais de autodesenvolvimento e expansão consciencial.

1- Meditação Para Identificar Os Bloqueios

  • Realize uma meditação profunda com o foco em identificar os motivos desse bloqueio:
    • Tenha em mente que você quer buscar inclusive as raízes desse bloqueio. Realizar essa meditações com foco em um determinado assunto é algo muito rico. Esse processo nos permite acessar camadas internas do subconsciente e inconsciente. Conseguimos acessar também informações externas vindas dos nossos mentores e também informações do nosso Eu Maior. Tudo isso vai contribuir para que consigamos entender de onde está vindo esse bloqueio e superá-los. Lembre-se, quando você compreende os porquês das coisas, fica mais fácil descobrir a sua força interna.
  • Caso você não tenha costume de realizar meditações, veja aqui nesse outro artigo as minhas sugestões de como realizar essa meditação. Inclusive, leia mais sobre a meditação e seus benefícios aqui nessa série de posts sobre essa magnfíca prática.

2- Seja Sincero Consigo Mesmo

Tenha confiança de que tudo acontece para o seu melhor e de que nada acontece por acaso. Sendo assim, não tenha receio do que você irá descobrir. Seja sincero consigo mesmo e não tenha receio de assumir medos, inseguranças que possam estar te bloqueando. Quando nos abrimos para tudo aquilo que achamos ser um problema é quando experimentamos situações que são a chave para um novo processo. Quando vivenciamos as experiências sem nos rotular, mas sim abertos a lapidar tudo aquilo que precisa ser aprimorado, é quando recebemos o presente de subir um novo degrau na nossa caminhada. As vezes temos receios inclusive daquilo que vai ser bom para nós, por puro medo do desconhecido. Siga confiante e não tenha medo de assumir e transmutar aquilo que vier para você durante a meditação.

3- Encare de Frente

Olhe de frente para a situação que vier para você. Encare-a de frente e saiba que nada acontece por acaso e principalmente que você tem condições de superar aquele obstáculo. Assuma o seu poder perante toda essa situação, e aflore sua força interna superando cada motivo que tenha levado-o a esse bloqueio energético. Muitas vezes ficamos com receios de descobrir as raízes do problema achando que seriam coisas mirabolantes e muito difíceis de resolver, quando na verdade, em sua grande maioria são acontecimentos simples e sentimentos corriqueiros que precisamos dar mais atenção em nosso caminhar. Então, encare de frente seja qual for o motivo desse bloqueio e percebendo toda a sua força para superá-lo.

4- Assuma os Novos Comportamentos

Os bloqueios energéticos não ocorrem do nada, eles iniciam de forma bastante sutil e aos poucos começam a tomar conta do nosso cotidiano. E se esses bloqueios continuam existindo é porque mantemos em nós pensamentos, sentimentos e atitudes que estão alimentando esse bloqueio. É aqui que entra a  importância de assumir um compromisso com os novos comportamentos. Esse compromisso em executar esse novos comportamentos irá nos levar de volta ao fluxo natural dos nossos propósitos. Tudo o que você sentiu, observou e/ou viu como motivos para o seu bloqueio energético são chaves para a sua mudança de comportamento. Observe tudo o que você pode fazer para mudar esse padrão que está travando o seu caminhar e comece a incorporar esses novos comportamentos em sua vida.

5- Mantenha a Vigilância

Até que os novos comportamentos se tornem um hábito, é também de grande importância que você mantenha a vigilância para que continue seguindo e executando esses novos comportamentos em seu dia a dia. Manter ativas as novas escolhas que irão desbloquear esse fluxo é algo que exige mais vigilância no início, pois trata-se, em alguns casos, da criação de novos hábitos. Gerar novas formas de pensar e de agir podem ser desafiadoras, principalmente para o inconsciente, que tendenciará a tomar as decisões e a fazer escolhas que já eram tidas como padrão para nós. Então, mantenha-se vigilante na manutenção e execução de seus novos comportamentos para que logo eles virem um hábito para você, lhe trazendo grandes benefícios, inclusive um fluxo de vida aberto, contínuo e equilibrado.

Deixo como recomendação esse vídeo onde compartilho esses 5 passos e conto um pouco da experiência que passei sobre esse assunto.

 

Deixe seu comentário logo abaixo, terei o maior prazer em ler e interagir com você aqui.

Um grande abraço, estejamos sempre com muito amor e paz no coração e até a próxima.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *