Um dos vídeos dessa semana foi sobre o assunto da mediunidade, ou melhor, de fugir dela.

Como mencionei em outros relatos, desde criança tive experiências com uma mediunidade mais ostensiva; via vultos, sentia arrepios, ouvia me chamando, dentre outros fenômenos corriqueiros para quem passa por estes fatos.

Na minha adolescência, com onze, doze anos, tive uma experiência de ver algo saindo de dentro do meu quarto, eu estava do lado de fora, no corredor, e quando me virei, vi um vulto branco, brilhante, parecia uma fumaça, mas é algo difícil de descrever pela textura diferente de tudo o que conhecemos atualmente. Aquela experiência foi atordoante para mim, pois por pura falta de conhecimento, eu tinha muito medo do “além”. Foi quando, nesse dia, pedi que me respeitassem, mencionei que eu não queria mais ver ou passar por todas aquelas vivências espiritualistas.

Assim aconteceu, os fenômenos mais ostensivos quase não aconteceram mais, porém minha sensibilidade continuou a mesma. E é por conta disso que resolvi escrever e falar sobre este tema, de forma alguma fuja da sua mediunidade!

Quando não tratamos nossa mediunidade, muitas das particularidades desse fenômeno podem ser confundidas como sendo do próprio indivíduo, e isso acarreta em confusões psíquicas inclusive. Várias pessoas não se reconhecem com determinados sentimentos como angústias, tristezas, solidão, e mesmo assim os sentem e não sabem dizer porquê.

Não aceitar a mediunidade ou até mesmo fugir dela, pode nos trazer problemas mais sérios, inclusive físicos, devido a extensa energia acumulada. Muitos dos sentimentos repentinos e abruptos, muitas das mudanças drásticas de humor podem não ser de fato seus, e isso pode atrapalhar muito o andamento de sua vida e rotina.

O médium possui uma sensibilidade muito aflorada, o que pode fazer com que sinta, com que perceba o que os outros (encarnados e desencarnados) sentem. Saber diferenciar estes sentimentos, saber distinguir o que é seu e o que é do outro é de fundamental auxílio para todo aquele que possui uma sensibilidade maior com o outro plano.

Quando se é médium e vem com um propósito de exteriorizar energias a favor do próximo, a favor de um auxílio nas comunicações entre os diversos planos, todos os indícios da sua vida te levarão a isso, mesmo que não estejamos dispostos a enxergar, mas tudo te leva para este caminho. Esteja atento e aberto a esse propósito.

Não fuja de algo que você escolheu e concordou para sua encarnação. Saiba dispor do que lhe foi ofertado da melhor maneira possível, fazendo o bem para si e para o outro, consolidando um trabalho do qual assumiu antes mesmo de nascer.

Não tenha medo do alto e das coisas do espírito, já que és um deles. Não se deixe influenciar por assuntos negativos ou coisas capciosas, que tendenciam o ser humano a fugir do que lhe é natural. A mídia está cheia tolices e futilidades em relação a esses assuntos, principalmente os meios voltados ao terror e suspense.

A vida é um presente, uma dádiva ofertada a todos aqueles que buscam melhoria individual e paz interior; mas ela não é o único ponto de partida e chegada. Estás em um passo de toda a sua trajetória. Não se deixe esquecer de onde veio e para onde irás.

Não esqueçamos nunca dos nossos propósitos de buscar o bem e a paz íntima, que gerará em nós sentimentos que nos bastarão e tudo mais será acrescentado com o amor, o qual sentiremos por todos, indiscutivelmente.

Era esse o recado, não aconselho ninguém a fugir de sua mediunidade, pelo contrário, busque conhecimento, aceite, veja quão bela é a oportunidade que possui nas mãos; de auxiliar aquele que precisa e de passar mensagens de paz e de luz para o mundo.

Esteja em paz contigo que a paz estará com você!

 

Para quem se interessar, este é o vídeo que gravei sobre o assunto:

 

Gostou do post?

Compartilhe Com Seus Amigos Em “Compartilhe Isso”, Logo Abaixo! 😉

Mais Conteúdo nas Redes Sociais. Siga! Curta! Compartilhe! Ajude a Divulgar Notícias do Bem! 😉👍 💞

  facebookpng  instagrampng    twitterpng


Imagem: Pexels


13 comentários

Bruna · 18/02/2017 às 08:10

Olá, eu tenho um namorado que é ateu e que não aceita a sensibilidade que ele tem, já passou por várias provas de que precisar aceitar a mediunidade, só que ao invés disso ele somba do que vê ou até desafia por não querer aceitar, tavez seja medo. Várias vezes ele vê a mesma coisa e fica em choque..
Como faço para ajudar ele a aceitar essa mediunidade. Desde já obrigada.

    Érica · 20/02/2017 às 16:26

    Olá amiga Bruna, lhe respondi através do e-mail que você enviou. Paz e luz. ✨

CRISTIANE GOMES ASSUNCAO · 07/05/2017 às 01:17

Olá! Li seu post e assiti seu video e me encaixo na lista de pessoas que não aceitam a mediunidade e sofrem com isso!! Tenho dúvidas e nao sei o qie fazer , mas tbm não quero mais sofrer ataques , como aceitar tudo isso??

    Érica · 07/05/2017 às 12:29

    Olá Cristiane! Primeiramente sugiro que leia o Livro dos Médiuns, de Allan Kardec. É um livro que explica muito dos fenômenos e inclusive vai responder muitas das suas dúvidas. Você encontra esse livro grátis nesse link: http://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/07/136.pdf. Concomitantemente, caso lhe seja possível, sugiro que comece a frequentar alguma casa direcionada ao desenvolvimento e trabalho com a mediunidade.
    O principal de tudo para dissipar os assédios é cuidar dos pensamentos, sentimentos e atitudes, mas o estudo e desenvolvimento também é muito importante! Grande abraço a você e ótimos estudos! ❤️

CRISTIANE GOMES ASSUNCAO · 07/05/2017 às 01:18

Olá! Tenho muita dificuldade em me aceitar, como eu faco isso??

CRISTIANE GOMES ASSUNCAO · 07/05/2017 às 01:18

Olá! Tenho muita dificuldade em me aceitar, como eu faco isso??

    Érica · 07/05/2017 às 12:34

    Como lhe respondi anteriormente, comece estudando e entendendo tudo o que lhe acontece, posterior a isso, as respostas e seu direcionamento virão de acordo com a sua inclinação. Busque conhecimento sobre o assunto, se abra, trabalhe em prol da sua aceitação e confie, dessa forma você será guiada para o caminho que você mesma escolheu.
    Muita paz e muita luz a ti!

Dayane marcon · 22/04/2018 às 06:04

Olá meu namorado é medium vê sempre o espírito de uma menina que aparece por reflexos (televisão,espelhos…) e ouve vozes ,Ele não aceita a mediunidade,só que a vida dele parece não andar,Ele foi diagnosticado com bipolaridade aos 17 anos pois ele quebrou tudo dentro de casa,E desde lá vem sendo alguém ora nervoso ora calmo ,Ele vicia cada hora em uma coisa,parece nao viver na nossa realidade. Eu acho tudo muito estranho pois ele não consegue concretizar nada na vida! Tudo tem que ser da forma que ele quer,E qualquer coisa vira término de namoro! Eu já não sei mais o que fazer! Não sei se é somente espiritual ou se realmente tem o bipolar também! Me ajudem por favor. Vou deixar meu email dayane_pricila@hotmail.com

    lelellel · 27/05/2019 às 00:37

    deixa esse cara e siga a tua vida…pois ele vai atrasar vc

Dayane marcon · 22/04/2018 às 06:04

Olá meu namorado é medium vê sempre o espírito de uma menina que aparece por reflexos (televisão,espelhos…) e ouve vozes ,Ele não aceita a mediunidade,só que a vida dele parece não andar,Ele foi diagnosticado com bipolaridade aos 17 anos pois ele quebrou tudo dentro de casa,E desde lá vem sendo alguém ora nervoso ora calmo ,Ele vicia cada hora em uma coisa,parece nao viver na nossa realidade. Eu acho tudo muito estranho pois ele não consegue concretizar nada na vida! Tudo tem que ser da forma que ele quer,E qualquer coisa vira término de namoro! Eu já não sei mais o que fazer! Não sei se é somente espiritual ou se realmente tem o bipolar também! Me ajudem por favor. Vou deixar meu email dayane_pricila@hotmail.com

    lelellel · 27/05/2019 às 00:37

    deixa esse cara e siga a tua vida…pois ele vai atrasar vc

nai · 12/02/2019 às 09:50

olá acho que sou médium pois desde criança tive alguns eventos..recentemente psicografei duas vezes e decidi estudar esse meio, porém toda vez que começo a me aprofundar acontece algo que me deixa com medo.. por exemplo..acordei com duas pessoas cinzas horríveis me olhando.. isso me da muito medo e acabo desistindo.. por medo..nao sei oq fazer=(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *