Glândula pineal, a união do corpo e da alma, é através dela que o cérebro capta o magnetismo externo e também regula as funções de vigília e sono. É a glândula responsável por captar as ordens rítmicas astrofísicas.

Para uma glândula de suma importância, você pode estar se perguntando, mas por que eu devo descalcificar a pineal e quando é que ela calcificou? Bom, para essa última pergunta, veja o processo de calcificação da pineal clicando aqui. E os motivos que nos levam a descalcificar a pineal é que iremos ver nesse post, mas antes quer lhe informar sobre a Vivência Realinhamento Material e Conexão Cósmica. Trata-se de um curso canalizado por mim com símbolos da Geometria Sagrada onde um deles tem o propósito de trabalhar exatamente a pineal, ativando nossa sabedoria Divina Inata em todos nós, clique aqui para saber mais sobre essas práticas e esses Símbolos.

Agora sobre descalcificar a pineal.

Por Que Descalcificar A Pineal?

Descalcificar a pineal além de vários outros aspectos, vai nos auxiliar a:

  • Regular a produção de melatonina (hormônio responsável pela vigília e sono);
  • Melhorar nosso ritmo circadiano (melhora no sono e estado de atenção/acordado);
  • Melhorar o foco durante o estado de vigília (acordado);
  • Regular e melhorar a nossa função reprodutiva;
  • Melhorar as captações e percepções extrafísicas, percepções sensoriais, intuições etc.

Uma vez que o mundo experimenta um momento onde cada vez mais pessoas estão envolvidas com seu processo de autodesenvolvimento e despertar consciencial, existem somados a esse propósito diversos fatores que nos levam a querer descalcificar a pineal. Sendo essa glândula a porta para as percepções extrassensoriais e de grande relevância para visualizar (e sentir) aquilo que os olhos da matéria não conseguem ver, descalcificá-la irá contribuir muito com o processo de autodesenvolvimento de cada indivíduo. O aumento da intuição, das percepções extrafísicas e da integração do ser humano com a vida e com o sentimento de unicidade cósmica começam a acontecer. Os caminhos se tornam mais claros e com muito mais objetivos. A pessoa toma consciência e rédeas da própria vida, assumindo seu papel perante o seu autodesenvolvimento e ao desenvolvimento coletivo.

Descalcificar a pineal pode melhorar as captações e percepções extrafísicas, percepções sensoriais e intuições.

Sem dúvida alguma, trata-se de uma glândula muito importante para o nosso bem estar tanto físico quanto energético. Alguns hábitos e ingredientes que utilizamos no dia a dia podem ser bastante prejudiciais ao funcionamento da pineal e ocasionar a perda das percepções e também problemas físicos em nosso organismo. Vários estudos científicos comprovaram que o flúor calcifica a glândula pineal. Um efeito que resulta em diversas implicações para a nossa saúde, uma delas é o início prematuro da puberdade em meninas, uma tendência que traz sérias consequências para a saúde, incluindo um risco elevado de câncer de mama.

Ainda é comum a utilização do flúor na água para a prevenção de cáries dentárias e também em cremes dentais e enxaguantes bucais. Vários estudos colocam em dúvida a eficácia desse método tendo em vista a grande concentração da utilização do flúor em nossa rotina. No próximo post trarei técnicas e informações que auxiliam a descalcificar a pineal e também dicas de como estimulá-la.

Deixe seu comentário logo abaixo, um grande abraço, muita luz e até a próxima. 🙂


2 comentários

Solange Palhano de Queiroz · 18/10/2018 às 08:55

Ótimo artigo!! Obrigada por esclarecer esse tema tão importante!

    Érica Lima · 15/11/2018 às 14:13

    Obrigada pela mensagem querida Solange. Gratidão. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *