Uma dor que rasga o peito, que me corrói por dentro, me faz sentir triste, sozinho, acuado dentro de mim mesmo. Vejo-me como uma criança encolhida em forma fetal, dor e tristeza fazem de mim o que sou agora. Aperta meu peito, me atrapalha respirar, me vejo com meus olhos baixos, tristes, escorrendo lágrimas e dor sem fim. As vezes parece que vou enlouquecer de tanta dor e tanta tristeza. O choro sai intenso, carregado, de soluçar, tamanho sofrimento e dor.  As vezes penso como cheguei tão fundo, neste lugar tão sombrio do qual não sei ao certo como entrei e nem tão pouco como sair. Minha dor é tão grande que pareço não mais existir, não me reconheço mais, parece existir só a dor. Parece existir só o vazio, um grande nada, total escuridão cobrindo meu coração, dilacerando meu peito. E nessa ânsia de sair, chego a pensar nos extremos, sair da vida, sair de mim, sair desse peito, dessa dor insuportável. Mas aí me acalmo, e aos poucos, sem perceber, assim como entrei, saio desse lugar sombrio, devagar.

Uma linha tênue divide esses dois lugares entre o bem o mal estar profundo. Se acalmar e dar tempo para a dor passar, pedir ajuda, e se acalmar. É importante saber que a vida continua e que abandonar o corpo não vai resolver de imediato essa dor. “A percepção do lado de cá é muito maior. E como tudo é uma linha tênue, nada muda bruscamente, a sensação da dor parece piorar”. Acalmar a mente, respirar devagar e cada vez mais profundo, o quanto maior conseguir. Pedir ajuda e estar aberto ao auxílio, que aos poucos, verás o sol novamente, a brilhar depois de um longo e escuro inverno.
Nada é constante, nada é para sempre. Tudo dura o quanto determinares que irá durar, saiba sempre disso.
A resposta de como sair desse lugar que não sabes como entrou, também está dentro de você, se acalme, se esforce para sair e aos poucos, assim como entrou, sairás.

 

Escrevi este texto de forma anímica. Espero ter conseguido transmitir a mensagem que estava sendo intuída, e assim auxiliar quem esteja passando por alguma dor profunda, da qual não saiba como sair. Tendo a única certeza de que as respostas estão dentro de ti e no tempo, e que acabar com o corpo físico não vai de forma alguma acabar com a dor.
Ore, peça ajuda do alto e peça ajuda aos amigos desta jornada. Divida sua dor com quem possa lhe auxiliar. Como diz a mensagem, se acalme, respire fundo sempre, se encha das boas energias do ar, faça a sua parte e espere, pois cada dia será melhor que o outro, e assim como nem viu imergir-se, quando menos esperar, destituirás deste lugar frio e sombrio criado dentro de ti.
E se a sua dor não for tão intensa, se cuide para que não vire um monstro diante de ti. Todo luto é importante, mas tão importante quanto vivê-lo, é saber a hora de deixa-lo partir.
Muita paz e muita luz no coração de todos nós! 💛 ❤️ 💚 💙 💜

 


Curta nossa página no Facebook! 👍

Acesse nosso canal no Youtube! 🎥

 


Fique à vontade para entrar em contato comigo através do formulário abaixo. 💌

[contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’Email’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Comentário’ type=’textarea’ required=’1’/][/contact-form]


4 comentários

Amanda Rainner · 23/05/2017 às 19:14

Adorei o site, meus parabens!

    Érica · 23/05/2017 às 20:36

    Querida Amanda! Muito obrigada!
    É uma imensa felicidade saber que gostou, pois cada compartilhamento é feito com muito carinho e muito amor =) ❤️
    Vamos regando as sementinhas de amor e luz em nós e espalhando-as pelo mundo!!!

renata · 03/07/2017 às 21:18

oi gente
gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

    Érica · 03/07/2017 às 21:27

    Olá Renata!!! Fico imensamente feliz que tenha gostado! Compartilhe com seus amigos o que julgar pertinente. Vamos todos juntos espalhar o amor pelo mundo! ❤️
    Abraço forte querida! ✨

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *