Curso básico sobre projeção astral, gravado em 2007, somente em áudio, pelo estudioso sobre este assunto, Saulo Calderon. Neste áudio, o tema é defesa energética para projeção astral.

*Ressalto que aqui possui grande parte do que foi falado neste áudio e também alguns pontos acrescentados por mim. Para as pessoas que se interessam de fato pela projeção astral, sugiro fortemente ouvirem todos os áudios, pois muito do que foi explicado de forma detalhada não foi redigido no post. Acesse o curso básico no site do próprio Saulo, o Grupo Viagem Astral.

Autoconfiança

O medo nos abre espaço a uma maturidade muito maior. Ele é instintivo, sentimento de proteção e sobrevivência, mas em exagero e descontrolado pode nos limitar a descobrir novos e grandiosos  caminhos. O medo muitas vezes interfere na nossa autoconfiança, mas em muitos casos, ele ocorre exclusivamente pela falta de informação, por se tratar de algo desconhecido, que após descortinado, cessa-se totalmente o pânico. Abrindo portas para novas descobertas e aumento da autoconfiança.

Nossas energias são muito fortes. Nosso campo energético, ligado ao corpo pelo cordão de prata, nos abrange de uma força imensurável, a tal ponto que espíritos desequilibrados nos procuram para se utilizarem dessas energias. O que não sabemos é que podemos fazer uso dessas energias a nosso favor, de forma equilibrada, inclusive para nos defender. E também auxiliar os espíritos amparadores, que também se utilizam dessas energias para o auxílio dos espíritos que ainda estão muito densos, muito ligados as energias do nosso planeta.

Devemos sempre ter a certeza de que nunca estamos sozinhos. Também com a mente equilibrada e colocando-nos a disposição para auxiliar os espíritos amparadores, dessa forma conseguiremos sempre manter nosso bem estar, nossas vibrações serão, em sua maioria, com os bons espíritos, que sempre nos auxiliarão, tanto no corpo quanto na projeção.

Sempre mantendo nosso equilíbrio em nossa mente, em nossos corações, não nos acharmos superiores aos outros, pois independente do que pode ser realizado, ninguém é melhor do que ninguém, se hoje auxilio, amanhã sou eu a ser auxiliado, e assim por diante.

Aparência dos Agressores / Espíritos mais Densos, Desequilibrados

É importante falar que no mundo espiritual as sensações são muito mais afloradas do que as que temos aqui. A percepção dos sentimentos e das sensações são muito maiores, o que faz com que os espíritos que não estão muito bem, fiquem muito mais nervosos, muito mais impacientes. Não se trata de algo para remeter ao medo, mas sim, um conhecimento prévio do que pode vir a ocorrer quando estivermos projetados, fora do corpo. Tenha sempre em mente que se trata de um ser em desequilíbrio, que não chegou naquele estágio do nada, algo ocorreu e desencadeou todas as diversas situações para chegarem onde estão. E que da mesma forma que se desequilibraram, em algum momento conseguirão sair das situações em que se encontram.

As aparências são diversas:

  • Aparências masculinas e femininas, plasmados com todos os tipos de roupas, jeitos e situações. Espíritos que desencarnaram nos anos 50 e ainda se encontram no umbral, usam roupas daquela época e assim por diante.
  • Aparência de assaltantes, espíritos que andam segurando metralhadoras, armas. Assim como eram encarnados, muitos continuam da mesma forma desencarnados.
  • Espíritos em forma de vampiros(as), com capas, dentes grandes, rosto em forma de demônios, deformados.
  • Espíritos enfermos, que não possuem intenção nenhuma de prejudicar alguém, querem somente auxílio.
  • Espíritos agressores que andam em gangues para agredir quem encontram pelo caminho.
  • Seres deformados por repercussão de suas ações e pela mente desequilibrada. São pessoas que desencarnaram com sentimentos de ódio, raiva, sentimentos grossos, pesados. O desequilíbrio é tanto que não se identificam mais como seres a ponto de perderem a forma que tinham.
  • Também muitos espíritos ruins mesmo, que se comprazem do mal.
  • E claro, os amparadores, os espíritos bons, os exus, caboclos, duendes, seres da natureza, todas as entidades que auxiliam no processo de manter o equilíbrio e realizar amparos aos sofredores.

Devemos sempre manter o respeito a todos, independente de onde estivermos, se no corpo ou projetados. Essa, dentre outras, deve ser a máxima para conseguirmos equilibrar nosso eu interior.

Ataques Extrafísicos ou Espirituais

Devemos controlar a nossa mente, controlar o medo. O medo faz parte, vai estar em nós, pois  assim como o medo, fazemos parte da natureza, mas é importante ter em mente que o medo não deve nos travar.

Os tipos de assédios são vários:

  • Assédio Mental – Devemos também manter atenção com os espíritos que nos cercam falando palavras obscenas, pois aí encontra-se o pior assédio possível. Nestes ataques os espíritos ficam repetindo a nós mesmos os nossos erros mais íntimos, tentando nos desequilibrar. Neste momento é fundamental mantermos o equilíbrio mental . Não nos desequilibrarmos, saber das nossas falhas e ter ciência de que todos erramos e que o principal já temos; consciência e aprendizado com o erro. Desta forma, manteremos o equilíbrio de saberemos que em momento propício todos os nossos débitos serão resolvidos. E assim, não nos deixar abalarmos por assédios mentais que os espíritos possam fazer, utilizando-se das nossas falhas.
  • Ataques com objetos – Outra situação que ocorre são os espíritos plasmarem objetos para nos atingir, pedras, flechadas, tiros, se transformarem em monstros ou criam coisas das quais temos medos. Tudo o que imaginarmos, eles criam para nos desequilibrarmos, para tentar nos atingir.
  • Ataques em lugares “fechados” – Os espíritos plasmam certos lugares para nos deixarem presos, para dar a ideia de que estamos aprisionados e assim sugarem nossas energias. Cômodos fechados, uma janela ou uma porta que não abre. Nesta ocasião, levante as mãos, com todas as forças que você tiver e jogue energia em cima do lugar plasmado, ou em cima de algum espírito que possa estar vendo que o esta aprisionado. Jogar energia e pensar em dissipar essas energias que estão plasmando este lugar, que assim conseguiremos dissipar a energia. Sempre realizar essas ações com a ajuda dos mentores. Estejamos sempre conectados com o bem.
  • Lançamento de energias – Lançam dardos energéticos contra nós, em algumas situações, jogam energias que parecem uma geléia grossa, que gruda no nosso corpo espiritual, parecendo um ácido. Nesse caso, eles jogam essa intenção de corroer o corpo, a “pele”. Sempre, nessas situações, manter o equilíbrio, pois a mente é mais importante que as energias e é através da mente que manteremos esse autocontrole.
  • Ameaças diversas – Muitos ameaçam, dizendo que vão fazer algo contra nossa família, não nos incomodemos com essas ameaças, apenas temos que nos manter lúcidos e equilibrados, com o bem em nossos corações que certamente estaremos amparados pelo alto, pelos bons espíritos.
  • Ataques duplos –  estes são os que começam estando ainda em corpo físico e ao deitarmos para dormir o ataque continua.
  • Ataque por acoplamento áurico – trata-se dos espíritos que acoplam nossa aura para realizar o ataque.

Porque os Espíritos Nos Atacam

Muitos querem atacar simplesmente por sermos um projetor, um espírito projetado e lúcido.

Outros atacam por carência energética, pois para eles, nossas energias são algo do qual se utilizam para “alimentarem-se”. Eles sentem falta do que sentiam quando estavam vivos, e observam que quando se aproximam de nós, eles conseguem sentir as mesmas sensações que sentiam enquanto encarnados, das quais sentem falta.

Alguns atacam pela falta de equilíbrio mesmo, sem sentido algum, pois estão no umbral, um lugar de total instabilidade.

Outros atacam pelo humor, um motivo qualquer, para mostrar aos outros que são bravos, que estão conseguindo atacar, somente para “aparecer”.

Quais as Repercussões dos Ataques

Durante o momento de uma projeção, caso não consigamos defender-nos de um determinado ataque, o que pode ocorrer posteriormente é um cansaço físico. Acordamos pior do que fomos dormir, com uma impressão ruim, um desânimo, as vezes dor de cabeça, um cansaço parecendo não termos descansado.

*Neste momento, Saulo comenta sobre a técnica de energização que está em seu site, o Grupo Viagem Astral. Essa técnica é importante para o projetor saber realizar a limpeza energética e equilíbrio de suas energias. Acesse a Técnica Projetiva Completa 1 clicando aqui. Abaixo também coloquei o áudio do próprio Saulo:

Os ataques ocorrem somente quando se projeta com corpo astral, pois projetando-se em corpo mental, acessamos planos superiores, os quais são constituídos somente de espíritos iluminados. Tratam-se de regiões tão sutis que não sofrem ataques, pois os espíritos densos não conseguem alcançar tais dimensões, devido a incompatibilidade de vibração entre eles.

Sobre a Defesa Energética

Defesa energética não é brincadeira e nem para ser feita sem ética, sem moral. Devemos sempre tentar levar a situação sem agressões, sem violência. É importante saber que nem todos os espíritos são assediadores ou atacantes, eles são em sua maioria carentes, infelizes, doentes, dominados por situações mentais, por repercussões que o levaram tanto na vida na terra quanto no umbral a circunstâncias em que se encontram. E que realizar amparo a estes seres sempre se dá com o auxílio dos mentores, jamais tentar realizar alguma ação por conta própria, não devemos tentar auxiliar quem não quer ser auxiliado.

Dois Tipos de Defesa

  • Defesa Mental – trata-se do equilíbrio onde nada mais denso, de baixas vibrações consegue se aproximar, derrubar ou sintonizar com alguém bem equilibrado, estando fora e dentro do corpo.
  • Defesa Energética – inclui o EV (estado vibracional), esteriorização energética e outras.

Defesa Mental – O Equilíbrio Interno

Não devemos subestimar de forma alguma a força de um espírito, dos seres que estejam no umbral, muitos sabem manipular energias, usam energias de animais, etc. Caso sejamos atacados fora do corpo, jamais devolver o ataque, jamais entrar na mesma faixa vibratória. Tente se defender na medida do possível e sempre informe que não quer brigar, que não quer se desentender.

Importante ressaltar que se percebermos que vamos perder a lucidez, pensar no corpo e voltar.

Nosso equilíbrio mental sempre vai ser nossa melhor defesa. Em tudo o que formos fazer no dia a dia, o nosso equilíbrio vai fazer total diferença, juntamente com o amor. Utilizemos dessas ações para mantermos o bem estar e a conexão com o bem sempre.

O projetor deve se esforçar para não sentir medo, sabendo sempre que está com auxílio dos mentores, pois nos encontrando no corpo energético (no corpo astral, corpo emocional) estaremos na dimensão em que as emoções são mais fortes e manter nosso controle do medo é fundamental para não perdermos a lucidez e/ou voltarmos ao corpo.

Para auxiliar no nosso equilíbrio, devemos sempre nos energizar, devemos sempre aproveitarmos bem as técnicas energéticas ainda no corpo. Cuidarmos de nós mesmos, com carinho, sentirmos bem conosco mesmos, no nosso quarto, no nosso ambiente. Mantermos contato com os amparadores a todo momento! Ninguém melhor do que eles para nos entender.

Outro recurso que devemos preservar é o de realizar doação de energias, para um amigo, um conhecido, um parente, qualquer um que esteja precisando. Pensar nessa pessoa, emanar bons pensamentos, pensamentos de luz, de paz e de amor em direção deste que sofre. Caso não tenhamos ninguém próximo passando por dificuldades, pensemos nos que estão em hospitais, em casas de repouso, nas crianças em orfanatos e que passam por dificuldades em países pobres e emanemos energias boas para essas pessoas, para estes lugares. Também podemos acrescentar essa doação de energias para os desencarnados que sofrem, que necessitam e que buscam auxílio.

Mantenhamos um bom comportamento sempre. Práticas de boas atividades, com bons pensamentos, nos mantendo bem, equilibrados e lúcidos durante o dia, pois tudo isso auxilia nas práticas energéticas ao deitarmos e nas projeções.

Ainda sobre nossas energias do nosso corpo, que saibamos utilizá-las bem quando estivermos projetados, sempre auxiliar e nos defendermos somente quando necessário ou nos casos que soubermos que não iremos prejudicar. Saber esteriorizar bem as energias e treinar claramente as técnicas de energização que aos poucos iremos aprendendo e dominado esse conhecimento.

Não julgar, saber entender, cada ser é um espírito único, com suas visões e seu universo.

Termos autoconfiança nos nossos pensamentos, com as nossas ações, para que consigamos auxiliar, mesmo com o pouco que sabemos.

Defesa Energética – Sobre o Estado Vibracional

O EV é um campo de energia fortíssimo, do qual nos utilizamos para provocar a soltura do corpo energético (corpo astral, perispírito etc)  com o corpo físico. Além desse propósito, fora do corpo o EV também nos serve de alerta, pois em muitos momentos que precisamos de mais vigilância, os mentores se utilizam do EV para nos avisarem de possíveis maus propósitos naquele ambiente. Os mentores também utilizam do EV, da nossa energia do corpo físico para auxiliar algum outro que esteja sofrendo.

Para nos defendermos utilizando o EV, caso venhamos a ser abordados de uma maneira muito agressiva, devemos movimentar, “soltar” um EV, que o espírito não conseguirá continuar “acoplado” em nós.

O estado vibracional também serve de limpeza energética. É tão forte que limpa o ambiente de energias mais densas.

Esteriorização Energética (Passe) – Para Defesa Energética

Normalmente somos levados pelos mentores em um determinado lugar e sabemos que devemos chegar perto de determinado sujeito que necessita de auxílio. Nestes momentos, devemos ir com bons pensamentos, com bom coração, com amor, equilibrados, com energias de paz. Ao entrarmos em contato com ele nós já entramos na faixa vibratória dele, mas já iniciando o amparo com boas energias logo conseguiremos mudar essas vibrações aos poucos. E não nos preocuparmos, pois os mentores estão nos auxiliando.

Alguns destes espíritos sofredores podem receber-nos de forma amigável, agradecendo por estarem recebendo ajuda,  outros podem fugir, desconfiados. Outros não receberão o auxílio bem, vão xingar e também podem tentar atacar, achando que estão sendo vítimas de algum possível ataque. Caso percebamos que algum irá atacar, joguemos um pouco de energia, não para revidar, mas para acalmar. Devemos apenas levantar as mãos em direção a ele e pensar um um jato de energia indo em sua direção, para somente dar um leve empurrão ao espírito.

Apagar as Energias – Para Defesa

As vezes, quando estamos em algum lugar, é necessário apagar um pouco nossas energias para não chamar atenção nas regiões por onde estivermos passando. Caso estejamos muito forte energeticamente é necessário não chamar a atenção por onde estivermos passando. Também completando sobre o brilho dessas energias:

*É sabido entre os estudiosos de projeção astral que um espírito projetado e lúcido, fica com sua aura mais brilhante. São apenas fatores físicos de um encarnado projeto de forma lúcida, que nada dizem sobre o caráter de cada um.

Para finalizar, o importante para qualquer defesa é que estejamos em paz, com nossa consciência, conosco mesmos. Esta é a maior e melhor defesa de todas, é o que nos trará tranquilidade, equilíbrio e discernimento para enfrentarmos qualquer situação difícil.

Por hoje é só, grande abraço, muita paz e muita luz a todos nós!  Até o próximo áudio! 🙂

Voltar para a página inicial.


 

Fonte: Grupo Viagem Astral – Curso básico de projeção astral 

Imagens utilizadas: http://www.viagemastral.com/site/category/multimidia/papeisdeparede/


 

Curta nossa página no Facebook! 👍

Inscreva-se no canal no Youtube! 🎥


 

Fique à vontade para entrar em contato comigo através do formulário abaixo. 📧

[contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’Email’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Comentário’ type=’textarea’ required=’1’/][/contact-form]


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *