As práticas holísticas estão virando alvo cada vez maior dos estudos científicos. A ciência tem comprovado o que os praticantes já sabem há muito tempo:os inúmeros benefícios dessas atividades para a nossa saúde física, mental e espiritual. Comentei sobre esses estudos mostrando como a meditação e o yoga tem sido importante no tratamento do estresse e sobre como práticas simples de gratidão auxiliam a tornar a mente mais positiva. Você pode ler mais sobre esses assuntos clicando nos temas em destaque, mas hoje vou compartilhar com vocês este exercício que ensina a meditação mindfulness (meditação de atenção plena) básica.

Exercício de Meditação

  1. Sente-se em uma cadeira com as costas eretas ou no chão, com as pernas cruzadas (posição de lótus).
  2. Concentre-se em apenas um aspecto da sua respiração, como as sensações do ar que flui pelas narinas e para fora da boca, ou a barriga subindo e descendo enquanto você inspira e expira.
  3. Uma vez que você reduziu a sua concentração dessa maneira, comece a ampliar seu foco. Tome conhecimento dos sons, das sensações e idéias.
  4. Receba e considere cada pensamento ou sensação sem julgá-lo como bom ou ruim. Se a sua mente começar a divagar, volte a focalizar a sua respiração. Em seguida, expanda sua consciência novamente.

Os benefícios dessa prática estão relacionados à duração e a frequência com que você as realiza-quanto mais você fizer, maiores serão os efeitos e benefícios. A maioria das pessoas percebem que é preciso pelo menos 20 minutos para que a mente comece a se acalmar, então este é um tempo razoável para começar. Se você já realiza a prática e sente que está pronto para ir além, assumindo um compromisso mais sério, o Dr. *Jon Kabat-Zinn recomenda 45 minutos de meditação, pelo menos seis dias por semana. Mas você pode começar a praticar  essa técnica  por períodos mais curtos e ainda assim obter um benefício.

Meditação reduz o estresse, melhora o sono e diminui a ansiedade.

Comento sobre como iniciei a prática de meditação no post Pratique Meditação Diariamente, e lá menciono que não iniciei com 20 minutos, aliás, a mente agitada não suportava tanto tempo assim logo no início. Com o passar dos dias, senti claramente como os benefícios vinham de acordo com a duração e frequência da prática. Quanto mais eu meditava, mais tempo eu conseguia meditar e maior era o relaxamento físico e mental ao final.

Meditação é uma prática simples e que nos abre a percepção para inúmeras sensações de calma, serenidade e paz. Expandir a consciência com o auxílio da meditação pode inclusive te levar a uma percepção da união, de tudo e de todos, a um conhecimento intrínseco, que apenas está adormecido. Os benefícios não são apenas físicos, mas sim um equilíbrio e harmonia entre todas as nossas formas de existências.

Muito amor, paz e luz a todos. Que o amor prevaleça no mundo e que sejamos cada dia mais pessoas melhores para nós e para o planeta.


*Jon Kabat-Zinn, PhD, é um cientista, escritor e professor de meditação, engajado em levar a mindfulness (meditação de atenção plena) para a medicina e sociedade como algo totalmente usual e comum, que deve fazer parte do dia a dia de todos.

Gravações guiadas gratuitas (em inglês) desta e de outras meditações de atenção narradas pelo Dr. Ronald Siegel, editor da faculdade de Harvard do Informe Especial de Saúde, estão disponíveis em www.mindfulness-solution.com.

Referência:

Harvard Medical School – Harvard Health Publishing

 


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *