Dando continuidade à série de exercícios para movimentar as energias e auxiliar no nosso equilíbrio e harmonia internos, neste post teremos exercícios voltados ao *sushumna.

O objetivo primordial das asanas apresentadas aqui é fortalecer e regularizar o principal canal psíquico que corre através da medula espinhal, o nadi sushumna. O deslocamento da coluna vertebral é prejudicial ao fluxo de prana através do sushumna, e causa distúrbios nos nervos e órgãos internos -bem como nos nadis e chakras- por ele controlados. A **prática destas asanas destinam-se a corrigir os deslocamentos vertebrais, ajudando assim a purificar o sushumna. Trata-se de um estágio preparatório indispensável para elevar a energia kundalini e ativar os chakras.

 

(1) Tadasana

Fique de pé em posição ereta, deixando uma distância de 10 a 15 cm entre os pés. Fite um objeto colocado diretamente à frente de seus olhos. Durante a inspiração, erga os braços acima da cabeça, com as palmas das mãos viradas para cima, e com os olhos fite as mãos. Levante os calcanhares e estique todo o corpo como se ele estivesse sendo puxado para trás. Prenda a respiração por um ou dois segundos e então, durante a expiração, retorne vagarosamente à posição inicial. Repita dez vezes.

Beneficios: Tadasana desenvolve e força os músculos abdominais retos (estômago) e estimula o crescimento adequado do osso vertebral. Dissolve a congestão dos orifícios entre as vértebras da espinha dorsal e também protege os nervos que emergem desses orifícios contra a pressão indevida, ao corrigir os deslocamentos vertebrais. Caminhando cem passos em tadasana depois de beber seis copos de água é possível limpar bloqueios intestinais que não sejam crônicos.

 

(2) Hasta Uttanasana

De pé, com o tronco ereto e os braços ao lado do corpo. Enquanto inspira, levante os braços acima da cabeça, na largura dos ombros, e curve cabeça e o tronco ligeiramente para trás. Concentre-se no chakra vishuddhi (laríngeo) durante um ou dois segundos, e então faça o pada hastasana.

 

(3) Pada hastasana

Expirando, curve-se para a frente a partir dos quadris até as palmas ou os dedos das mãos tocarem os dedos dos pés, ou agarre a parte de trás dos tornozelos; se possível, coloque a testa entre os joelhos. No final desta postura, solte completamente o ar, contraindo a parte inferior do abdômen, e concentre-se no chakra svadhishthana (sexual) por um ou dois segundos. Levante o tronco lentamente e volte para hasta uttanasana. Mantenha as pernas retas durante todo o movimento. Pratique dez vezes essas duas asanas em seqüências alternadas.

 

Benefícios: Hasta uttanasana estira as vísceras abdominais e melhora a digestão. Também remove o excesso de gordura do abdômen e exercita os músculos dos braços e ombros. Todas as juntas vertebrais são estimuladas e os nervos espinhais tonificados. O funcionamento dos pulmões é favorecido através da expansão dos alvéolos (compartimentos do pulmão). Essa asana beneficia a digestão e a circulação do sangue, além de ser um tratamento eficiente para a prisão de ventre e distúrbios gastrintestinais. A gordura excedente na região do abdomem é reduzida. Os nervos vertebrais são tonificados e a espinha torna-se flexível.

Essas foram algumas das asanas para corrigir os deslocamentos vertebrais e assim regularizar o sushumna. Você encontra esses e diversos outros exercícios para o despertar dos chacras no livro Teoria dos Chacras – Ponte para a Consciência Superior.

Para adquirir o livro, basta clicar na imagem logo abaixo:

 

 


*Sushumna é um dos 3 principais nadis (canais para a circulação da energia vital), juntamente com o ida e o pingala. Originam-se no muladhara (chacra base) e são os mais importantes dentre os supostos 72.000 nadis no corpo e uma outra fonte passa uma estimativa de 300.000. No interior do sushumna existe um nadi mais sutil, o chitra, e dentro deste encontra-se o nadi Brahma, mais sutil ainda. Portanto, o sushumna pode ser considerado um conduto para dois fluxos de consciência. Partindo do muladhara (chacra base), o sushumna segue em linha reta até o chakra ajna (terceiro olho).

**Procure realizar as práticas sob a supervisão de um profissional da área.Também é importante verificar o consentimento de seu médico e/ou fisioterapeuta antes de realizar qualquer prática física.

 


Referência para o texto e fonte dos exercícios: Livro Teoria dos Chacras


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *