A partir desta publicação, teremos aqui no site uma série de artigos sobre as diversas linhas de  tratamentos holísticos, como aromaterapia, florais, hipnose terapêutica, psicoterapia reencarnacionista, reiki dentre outras. Para aqueles que não sabem o que são tratamentos holísticos, clique aqui e veja mais detalhes sobre essa linha de tratamento alternativa que engloba inúmeras frentes de atendimentos, com as mais variadas formas de linhas terapêuticas.

Para iniciar essa série, falaremos sobre:

Acupuntura, O que É e Seus Diversos Benefícios à Nossa Saúde

O termo, acupuntura (do latim acus – agulha e punctura – colocação) é um ramo da medicina tradicional chinesa (MTC), que consiste no diagnóstico e na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo, os chamados pontos de acupuntura ou acupontos. Tratam-se de regiões que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas de meridianos, ou canais, que são os canais de energia.

As agulhas não são a única forma de realizar o tratamento, podendo o acupunturista estimular os acupontos e meridianos com os dedos (do in), com moedas, ventosas (ventosaterapia), pentes de osso ou de jade (gua sha), massagens (tui na), assim como diversas outras técnicas.

Para Que Serve a Acupuntura, Indicações?

Existem muitos acupunturistas holísticos que utilizam da acupuntura como tratamento para a cura das enfermidades como um todo. Sendo assim, a acupuntura além de tratar de maneira eficaz os sintomas como dores em geral, enxaquecas, estresse, ansiedade etc. também realiza a cura da enfermidade à qual o corpo foi acometido. Assim como todo tratamento holístico, a causa da doença precisa ser erradicada para que esta não retorne posteriormente, inclusive em outras regiões do organismo.

Quem Pode Exercer a Função de Acupunturista?

Essa é uma questão polêmica, onde encontra-se de tudo na internet atualmente, mas a acupuntura até o presente momento, pode ser realizada pelos acupunturistas tradicionais (técnicos sem nível superior) que têm seus direitos assegurados e também pelos profissionais de saúde de nível superior. São 7 os Conselhos de saúde que regulamentam esses profissionais e que reconhecem a Acupuntura:

  • COFFITO (Fisioterapia e Terapia Ocupacional); CFM (medicina); COFEN (enfermagem); CFFA (fonoaudiologia); CFF (farmácia); CFP (psicologia); e CFBM (biomedicina).

Quando se procura na internet sobre a prática da realização da acupuntura acha-se tanto artigos falando que somente médicos, veterinários e cirurgiões dentistas podem realizá-la, como também os profissionais tradicionais. Como foi dito no início deste artigo, trata-se a acupuntura de um ramo da medicina oriental, a qual possui inúmeras diferenças em relação à medicina ocidental, sendo assim, durante muito tempo o Conselho Federal de Medicina do Brasil (CFM), bem como os diversos outros órgãos citados acima, não reconheciam a acupuntura como um tratamento médico.

A acupuntura é uma prática que já era realizada por profissionais acupunturistas tradicionais anteriormente aos órgãos da área da medicina incluírem-na como especialidade da sua área de atuação. A acupuntura até 1995, não era reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina como uma atividade médica, o CFM, inclusive, baixou a Resolução n.° 467/72 declarando que a acupuntura não é especialidade médica. Somente em 1995 o Conselho Federal de Medicina incluiu a acupuntura como especialidade médica e no final 2001, este conselho, juntamente com outros órgãos, moveram uma ação contra todos os Conselhos da Área da Saúde que possuem uma resolução normatizadora da prática da acupuntura na tentativa de proibir que outros profissionais de saúde exercessem a técnica, alegando que a mesma é especialidade médica, e que outros profissionais não teriam capacidade para diagnóstico e aplicação da Acupuntura. Conseguiram, na época, liminares contra o CFF, CFBM e COFEN e CFP, que posteriormente foram cassadas. Trata-se de uma briga judicial, que perdurou anos na justiça, porém, sem validação atual de que somente médicos poderiam realizar essa prática.

Quem Pode Fazer o Tratamento de Acupuntura?

A avaliação será realizada de acordo com o terapeuta, contudo, qualquer pessoa pode se beneficiar da acupuntura, que pode ser realizada em qualquer época da vida, ou seja, em qualquer idade, sem contra-indicações.

Acupuntura em Animais

Assim como as pessoas, os animais também podem ser beneficiados com a prática da acupuntura, no tratamento de diversos males físicos, bem como dores em geral. A avaliação e indicação do tratamento deverá ser realizada pelo profissional qualificado.

Acupuntura Ansiedade

Um dos grandes benefícios que a acupuntura disponibiliza é o relaxamento e bem estar. Auxiliando muito a amenizar os sintomas da ansiedade e depressão. Inúmeros são os resultados positivos que a acupuntura apresenta no tratamento dos transtornos psicológicos, nos quais muitas vezes, o paciente apresenta certa dificuldade em resultados com tratamentos convencionais.

Minha Experiência Com a Acupuntura

Realizei acupuntura há anos atrás, para tratar uma tendinite no antebraço direito. Foi um excelente tratamento, o único que resolveu as dores e proporcionou-me maior relaxamento, já que na época eu não praticava as diversas atividades voltadas a este fim como yoga, meditação, tai chi. Sobre o tratamento que realizei, um fator que percebi foi que, tanto a médica que me atendeu, assim como diversos outros médicos, utilizam da acupuntura apenas como tratamento sintomático ou paliativo, ou seja, para aliviar os sintomas. Porém, atualmente aprofundando-me nos estudos das terapias holísticas, percebi que, assim como as outras terapias, a acupuntura não se trata apenas de aliviar os sintomas, mas também de realizar a cura física, associada aos outros fatores equilibrados, como a alimentação, a harmonia nos pensamentos, sentimentos e atitudes em geral.

A acupuntura, assim como diversos tratamentos holísticos traz uma gama de benefícios para a nossa saúde física, mental e consequentemente espiritual. Para todos aqueles que procuram um tratamento alternativo, trata-se de uma excelente forma de manter mente e corpo em equilíbrio.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *